Promoção Social

Nossas ações

O Departamento de Promoção Social Espírita (DAPSE) realiza atividades de assistência a famílias carentes de Vila Isabel. O atendimento inclui gestantes, famílias com crianças até 3 anos, idosos, portadores de necessidades especiais e pessoas em situações emergenciais. Temos ainda o Apoio Escolar, com prioridade para alunos do ensino fundamental da rede pública.
Caso você queira apadrinhar uma criança ou saber mais sobre o nosso trabalho, basta buscar informações na secretaria ou na recepção da SEJ.

“O amor e a caridade são o complemento da Lei de Justiça, pois amar o próximo é fazer-lhe todo o bem que nos seja possível e que desejáramos que nos fosse feito. Tal o sentido destas palavras de Jesus: amai-vos uns aos outros como irmãos.”
Allan Kardec, O Livro dos Espíritos, questão 886

 

Lactário

Programa de atendimento a crianças até 3 anos de idade, com a doação de três latas de leite em pó, geleia de mocotó, biscoito maisena, farinha láctea e fralda. Este programa é mantido por padrinhos que se responsabilizam pela doação a cada criança.

 

Famílias assistidas

Distribuição de cestas básicas para idosos e portadores de necessidades especiais, cadastrados na SEJ.

 

Gestantes

Curso de orientação básica à gestante, com doação de enxoval de bebê ao final do curso.

 

SOS

Fornecimento de cestas de alimentos a pessoas em situação emergencial.

 

Apoio Escolar

Realizado por voluntários, o programa inclui aulas de português, matemática, cidadania e informática a crianças matriculadas em colégios da rede pública. As aulas, para turmas de até seis alunos, acontecem aos sábados de manhã e acompanham o calendário escolar, de março a novembro, com férias em julho.

Depoimento da ex-aluna Joyce Souza

“Aos 11 anos eu era a pior aluna da sala. Mal sabia escrever e interpretar um texto, além de ter sérios problemas com questões de raciocínio lógico. Fui reprovada no sexto ano e praticamente desisti de estudar em 2005. Por isso, esse ano não consta do meu histórico escolar. Quando me matriculei novamente, em 2006, estava deprimida ao extremo, pelo bullying, pelo cansaço etc. O fato é que muitas pessoas  – incluindo professores e voluntários do Apoio Escolar da SEJ – insistiram em mim, me motivando e orientando. Minha nota saiu de I para O em português, matéria em que eu quase chorava na primeira leitura em voz alta na sala.

Sou fruto de um intenso trabalho de professores que amam ensinar, ajudar ao próximo e transformar pessoas através da educação. A educação me transformou. Meu eterno obrigado.”

Cada dia que amanhece assemelha-se a uma página em branco, na qual gravamos os nossos pensamentos, ações e atitudes. Na essência, cada dia é a preparação de nosso próprio amanhã.

— Chico Xavier, livro Indicações do caminho