Mensagens do Mentor Espiritual

Reunião de 13 de novembro de 2020

Sociedade Espírita Jorge
Mensagem do Mentor Espiritual

Louvado seja Deus!
Aqui estamos para a tarefa desta noite, pois que somos todos simples tarefeiros, em tarefa difícil, mas com o farol que é o Cristo de amor.
Este é o caminho dos que buscam peneirar o que é bom do que não é; do que é para ficar. E, neste momento, é a prece que nos fortalece.
Eles nos observam, nos estudam. Somos um instrumento um pouco defeituoso e recebemos orientações e
esclarecimentos porque precisamos, ainda, de um tempo para ficar.
A tarefa é de dar a mão a cada um para que levante. Fazer com carinho. Aprender, estudar e secar as lágrimas.
Estamos na Casa de Jorge, antes dessa aqui, e vamos nos reencontrar melhor, como Jesus nos ensinou: Amar o
próximo como a vós mesmos.
As dificuldades são de todos, mas precisamos nos amar.Os templos estão cheios de belas palavras, mas muito pouco amor.
Aqui, os irmãos também estão cansados, mas permanecem firmes e não desistem. Paciência!
Trabalhar em si mesmo o sentimento é a nossa tarefa na casa espírita. Ajudar o outro com palavras de conforto e de apoio.
Busquem cuidar-se e polir a si mesmos. Prestar atenção em si. E observar: como estou vendo o outro? É preciso
entender o vai e vem e o compromisso espiritual de cada um de nós.
Louvado seja Deus!

A grande tarefa do mundo espiritual, em seu mecanismo de relações com os homens encarnados, não é a de trazer conhecimentos sensacionais e extemporâneos, mas a de ensinar os homens a ler os sinais divinos que e vida terrestre contém em si mesma, iluminando-lhes a marcha para a espiritualidade superior.

— Emmanuel, livro Caminho, Verdade e Vida